Compartilhe e espalhe coisas boas!

O SUV Rolls-Royce, primeiro utilitário esportivo da marca de luxo inglesa, é o mais caro e mais luxuoso já construído. Batizado com o nome do maior diamante do mundo, encontrado na África do Sul há mais de um século, o Rolls-Royce Cullinan é o segundo modelo da montadora a ser construído com sua “arquitetura de luxo” totalmente de alumínio.

O veículo é alimentado por um motor V12 de 6,7 litros, com duplo turbocompressor, que produz 562 cavalos de potência e 627 libras-pés de torque. A potência é enviada para as quatro rodas atrás de uma caixa de velocidades automáticas ZF.

O sistema de suspensão a ar foi projetado para lidar com a mais de 2,6 toneladas do Cullinan. Quando as duas rodas perdem a tração, por exemplo, a bolsa de ar daquele ponto se expande para aumentar o contato do pneu com o solo.

O modelo oferece também uma janela de vidro atrás do banco traseiro, capaz de isolar a cabine acústica e térmica do ambiente exterior mesmo quando o porta-malas está aberto.

Os assentos “de caça”, que são montados sobre a tampa inferior do porta-malas, são abertos e recolhidos eletricamente, dispensando a frugal montagem manual.

O motorista também está bem servido com o que há de melhor em tecnologias de condução e auxílio à direção. O veículo inclui controlador de velocidade adaptativo, sistema de visão noturna e assistente de manobra que simula uma visão 3D ao redor do carro.

Compartilhe e espalhe coisas boas!