Compartilhe e espalhe coisas boas!

O SoulMe foi até Paris para conhecer o luxuoso hotel Park Hyatt Vendome e jantar no premiado restaurante Pur’, comandado pelo Chef Jean-François Rouquette.

SoulMe teve a chance de prestigiar um dos melhores restaurantes de Paris, o Pur’, premiado em 2017 com uma estrela do Guia Michelin.

Em entrevista para o portal SoulMe o Chef responsável pelo restaurante, Jean-François Rouquette, compartilha um pouco da sua história e seu amor pela gastronomia!

O CHEF

Jean-François Rouquette,  começou sua carreira em Paris, na França,  em uma típica Brasserie parisiense –uma espécie de restaurante com ambiente descontraído que serve refeições simples– , chamada Le Petit Riche.

O Chef Jean-François Rouquette

São anos de dedicação na cozinha,  passando por hotéis e restaurantes, sempre trocando experiências e compartilhando conhecimento com seus companheiros ao longo da jornada, como Christian Constant no Hôtel Le Crillon, Philippe Legendre no Taillevent e Christian Willer no Hotel Martinez em Cannes.

 

Lagosta e Rodovalho

 

Toda essa trajetória foi essencial para a carreira de Jean-François, pois como ele mesmo disse: a qualidade mais importante para um chef de cozinha, além de criar uma ótima comida é claro, é a capacidade de superação no trabalho, especialmente quando se está iniciando a carreira. Segundo ele, a energia, a paixão e o desejo de compartilhar com outras pessoas, colegas e clientes também somam dentre as características de um Chef bem-sucedido.

A prova disso é o Pur’ – Jean-François Rouquette, restaurante que leva o seu nome, localizado no hotel de luxo Park Hyatt Vendome, nas proximidades da famosa praça de Vendôme.

Pur’ ganhou sua primeira estrela Michelin

 

Jean-François tinha o objetivo de abrir um restaurante gastronômico com uma forte identidade, incorporado por um Chef. Foi aí que o Pur’ tomou forma: um restaurante contemporâneo, com uma atmosfera convidativa, um estilo gastronômico inovador, sendo um dos primeiros restaurantes em Paris a ter uma cozinha aberta.

Confira a entrevista:

SoulMe: O que fez você se tornar um Chef?  

Jean-François Rouquette: O simples prazer de agradar aos outros. Minha mãe também era uma cozinheira, então eu cresci em um rico mundo gastronômico! A ideia de compartilhar algo é muito importante para mim.

SoulMe: Onde você começou?   

J.F.R.: Comecei minha carreira no Le Petit Riche, em Paris, uma típica Brasserie parisiense. Então eu ingressei no Hôtel Crillon.

SoulMe: Qual o segredo de suas criações? Quais foram as maiores inspirações para sua carreira?    

J.F.R.: A arte e especialmente a arte contemporânea são uma grande inspiração para mim. Gosto de entrar em galerias parisienses e descobrir novos artistas. Gosto de me deixar levar por encontros e reuniões todos os dias em Paris ou durante minhas viagens! Eu acho que todo Chef tem que permanecer curioso de tudo.

SoulMe: Qual é a sua especialidade e por que você a escolheu?    

J.F.R.: Abalones com vadouvant, Foie gras de pato pan-frito, uma especialidade francesa.
Sweetbread, especialidade francesa à minha maneira. Eu realmente gosto de revisar as receitas francesas.
Cogumelos: Chanterelles, cep com nozes.
Minha mãe costumava cozinhar cogumelos como ninguém!
Lagosta, Turbot.

Chanterelles e Cep com nozes

 

SoulMe: O que você mais gosta em ser um Chef?

J.F.R.: Todos os dias, cada momento na cozinha é diferente. Você não se cansa de cozinhar, é como a música e o ritmo, como respirar… É uma mistura real entre o artístico e o rigor. Trabalho em estreita colaboração com todos os departamentos do Park Hyatt Paris-Vendôme também: do Room Service à Comunicação!

SoulMe: Além de criar ótima comida, quais são as qualidades mais importantes que fazem um Chef bem sucedido?

J.F.R.: Eu não vou mentir: exige uma capacidade de superação, especialmente quando você está começando sua carreira.
Energia e paixão são cruciais, a capacidade de se questionar e se reinventar também.
O desejo de compartilhar com outras pessoas…colegas, clientes…

Turbot

SoulMe: Regras mais importantes na sua cozinha?

J.F.R.: Humildade! Ser sensível aos outros.

SoulMe: Qual é a sua definição da culinária de Pur?   

J.F.R.: Duas palavras: Natureza, porque estou tentando recriar nos pratos o que a Natureza pode oferecer e Sabor, porque vejo um jantar no restaurante Pur’, como uma experiência verdadeira e genuína.

O SoulMe viveu de perto essa experiência! A especialidade do Chef Jean-François Rouquette agrada a todos os paladares. São pratos com frutos do mar, massas e tradicionais receitas francesas, onde o sabor e a de dedicação de uma vida toda à alta gastronomia é sentida em cada prato.

O Restaurante Pur’ fica no Park Hyatt Paris-Vendôme, para reserva e maiores informações:

https://parisvendome.park.hyatt.com/en/hotel/home.html
https://www.hyatt.com/corporate/restaurants/lepur/fr/home.html

 

Compartilhe e espalhe coisas boas!