Compartilhe e espalhe coisas boas!

Mitos, lendas, pessoas…Filmes biográficos inspiram com histórias humanas

Uma história tem o poder de mover o mundo. Por trás de cada história, existe o potencial de inspirar, emocionar e mudar paradigmas. Por essa razão, gostamos e apreciamos tanto as histórias.

Histórias biográficas têm uma força maior ainda. Talvez não assim sejam tão verídicas quanto se pensa. Muito dos sentimentos do representado se perdem, muito é negligenciado. Mas não é esse o ângulo da questão. O que sobra em histórias biográficas é a essência do representado. Seu caráter, sua motivação, sua inspiração… em resumo, o que transformou aqueles humanos em pessoas dignas de terem suas histórias contadas.

Selecionamos aqui 4 filmes biográficos para você se inspirar:

À procura da felicidade, 2007


Dramático, melancólico, inspirador… A palavra para “À procura da felicidade” é “extremos”. Esse filme potencializa todos os sentimentos passados ao longo de sua duração. Em alguns momentos até pensamos que talvez não se trata de uma história real por tamanha carga dramática que ele jorra. E eis aqui seu maior triunfo, ele é simplesmente real.

Eu não estou lá, 2007


Bob Dylan foi uma personalidade de muitas fases. Sua vida, segundo Raul Seixas, seria a tal metamorfose ambulante. E nada melhor para representar essas mudanças que a escolha do diretor Todd Haynes de utilizar seis atores para representar o cantor. Isso aí, 6 atores para representar um personagem.

A Teoria de Tudo, 2014


Stephen Hawking por si só é uma das personalidades mais icônicas da atualidade. Seus estudos e sua visão de mundo estão entre as mais aclamadas e conceituadas pela ciência moderna. O filme representa conta a história de como Hawking teve de lutar contra  esclerose lateral amiotrófica.

Uma mente brilhante, 2001


Narrando a história de John Nash, o filme conta a história conflituosa de uma mente genial e difícil de lidar. Nash é um brilhante matemático e, em contrapartida, uma pessoa quase sem reciprocidade emocional e empatia. O filme se torna intrigante por causa de sua ambivalência.

 

 

Compartilhe e espalhe coisas boas!