Compartilhe e espalhe coisas boas!

O grafiteiro Eduardo Kobra assina obra em Amsterdã

Neste mês foi concluída a obra intitulada “Deixe-me ser eu mesma”, que faz alusão ao diário de Anne Frank. A homenagem foi feita pelo paulistano Eduardo Kobra na cidade de Amsterdã.

Anne Frank foi uma adolescente alemã, de origem judaica, uma das mais célebres vítimas do nazismo. Sua fama aconteceu graças aos documentos que relata suas experiências durante o Holocausto.

O local escolhido para homenagear a garota já tem um futuro definido, será o maior museu de arte de rua do mundo. A obra encontra-se na lateral de um prédio da capital da holandesa.

A frase “Let Me Be Myself”, retirada do livro O Diário de Anne Frank, foi publicada por seu pai após a sua morte em um campo de concentração nazista.

Veja a obra finalizada:

foto-do-mural-Let-me-be-myself-de-Kobra-sobre-Anne-Frank-em-Amsterdã-6

Kobra também entrou para o livro de recordes, Guinness World Records, com o mural  “Todos somos um”, considerado o maior grafite do mundo.

Kobra-Todos_Somos_Um-2

O mural retrata cinco rostos indígenas de cinco continentes diferentes.

Mural-guinness

photo

Foto do grafiteiro Eduardo Kobra

Conheça mais sobre o trabalho de Kobra: eduardokobra.com

Fonte: veja.com

Compartilhe e espalhe coisas boas!