Compartilhe e espalhe coisas boas!

Filme nacional tenta a sorte no Oscar, a maior premiação da sétima arte

Nos últimos anos, vivemos uma escassez de indicações ao maior prêmio do cinema mundial, o Oscar. No ano passado, apenas o (por aqui desconhecido) documentário “O sal da Terra” ganhou uma indicação da academia. Motivo insuficiente para que os brasileiros conhecessem o ótimo longa de Luciano Salgado e Win Wenders.  Nesse início de 2016, mais uma produção nacional tenta a sorte na premiação que valeria o sucesso do filme: “O menino e o Mundo”, filme de Ale Abreu.

O menino e o mundo

Animação brasileira “O menino e o mundo” recebeu indicação na categoria de Animação

Inicialmente, o filme aparenta ser uma animação ingênua e infantil, com traços em 2D e fundos brancos e vazios. Ao decorrer da história, no entanto, percebemos que ele trata de uma grandiosa e contemporânea animação. Digna de premiação.

Muito maior do que o seus singelos traços sugerem, o filme se revela como uma obra rica e complexa, porém sem perder a essência que encanta tanto crianças quanto adultos.

O lançamento será no dia 17 de janeiro.

Compartilhe e espalhe coisas boas!