Compartilhe e espalhe coisas boas!

A sofisticação da indústria da moda francesa aterrissou em Los Angeles nesta quinta-feira (11) no desfile da coleção Cruise 2018 da Dior, inspirada na descoberta das pinturas rupestres das cavernas de Lascaux, nos anos 1940, onde  a diretora criativa da masion, Maria Grazia Chiuri fez uma viagem à figura feminina primitiva, que contrastou com o paradisíaco deserto californiano.

A passarela da famosa maison foi instalada em uma reserva remota no subúrbio de Calabazas, onde vivem Jennifer López e a família Kardashian-Jenner, entre outras celebridades de Hollywood.

A marca chamou a atenção sobre a coleção “Dior Sauvage” com uma série de vídeos e fotos da fauna protegida das montanhas de Santa Mônica e alguns detalhes sobre a preparação com as modelos em West Hollywood.

Por muito tempo denegrida pela indústria da moda, Los Angeles ganhou terreno, e muitas pessoas do ramo concordam com que a cidade será um dos centros da moda mundial.

Segundo especialistas, o boom da moda na metrópole californiana se deve à grande concentração de celebridades, cuja influência em redes sociais beneficia as marcas, sem contar a mão de obra e o talento criativo concentrado na cidade.

Os convidados para o desfile da Dior viajaram em ônibus especiais, saindo de Beverly Hills e de Santa Mônica até a reserva ambiental em Las Virgenes Canyon, a cerca de 45 minutos.

O local foi muito utilizado nas décadas de 1920 e 1950 para a gravação de filmes de faroeste e outros clássicos como “O Vento Levou” (1939), “O Intrépido General Curter” (1941) e “As Aventuras de Don Juan” (1948).

Confira na galeria abaixo quem passou pelo desfile e os melhores looks apresentados:

Compartilhe e espalhe coisas boas!